terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Amaciando o Motor a Combustão:

Amaciando o Motor a Combustão:  
O local mais apropriado para amaciar o motor é instalado no aeromodelo (são menores as vibrações).
Três tanques é o suficiente para o amaciamento. Não que com esses três tanques o motor fique completamente amaciado (isso só ocorrerá lá pelo 15o. vôo). Mas três tanques são o suficiente em termos de amaciamento para que o quarto tanque seja gasto já em vôo.
O primeiro minuto de amaciamento deve ser com o motor bastante afogado (tão afogado a ponto de ser necessário manter a bateria ni starter na vela com vistas a evitar que o motor apague - em torno de 2 1/2 voltas no sentido anti-horário) e com a garganta do carburador toda aberta.
Após o primeiro minuto, gire a agulha da alta rotação no sentido horário (aproximadamente 1/2 volta) e tire a bateria ni starter. O motor deverá prosseguir trabalhando sem a bateria ni starter mas ainda o mais afogado possível e com a garganta toda aberta.
Nota: para afogar (= enriquecer a mistura = + combustível e - ar) gira-se a agulha da alta no sentido anti-horário. Para desafogar (= empobrecer a mistura = - combustível e + ar) gira-se a agulha da alta no sentido horário.
Observação: a agulha da lenta vem pré-regulada de fábrica. Não mexa nela. Você só poderá mexer nela mais tarde quando aprender a regular a lenta.
Deixe o motor gastar todo o tanque (sempre o máximo afogado antes de apagar).
Deixe o motor esfriar completamente e a seguir encha o tanque.
Toda primeira metade do segundo tanque o motor deverá rodar o máximo afogado (como no fim do primeiro tanque) sendo que 30 segundos com toda garganta do carburador aberta e 30 segundos 1/2 aberta, alternadamente.
Quando começar a segunda metade do primeiro tanque, abra toda a garganta do carburador, vá fechando a agulha da alta (girando no sentido horário) até o motor atingir o giro máximo. Atingindo o giro máximo, abra a agulha da alta 1/4 de volta (o motor ficará levemente afogado caindo um pouco do giro máximo). Gaste o restante do segundo tanque alternando 30 segundos com a garganta toda aberta e 30 segundos meio aberta.
Após o motor esfriar encha o tanque. Esse terceiro tanque será todo ele gasto da mesma forma que você vinha fazendo no final do segundo tanque.
Encha novamente o tanque e bom vôo. Lembre-se, até o décimo tanque - >1/5 de volta no sentido anti-horário além do ponto máximo de rotação (o motor trabalhará levemente afogado).

No caso de motor elétrico ele não precisa ser amaciado.  Mas poupe a bateria nos primeiros vôos. Não acelere demais o aeromodelo para que a bateria não esquente demais. É quando esquenta demais, que a bateria começa a perder sua vida útil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário